CulturaSlider

Cinema Dolce Vita celebra o Dia da Curta-Metragem

 

Segunda-feira dia 21 de dezembro, em Ovar comemora-se o Dia da Curta-Metragem, com uma maratona de exibições contínuas de cinema de animação para todas as idades.

O Dia da Curta-Metragem foi criado em França em 2011. A data escolhida corresponde ao dia mais curto do ano, conhecido pelo solístico de Inverno. Neste dia o objetivo é celebrar a curta–metragem. São vários os festivais de cinema e os países que aderem organizando iniciativas de comemoração, estima-se que o evento seja celebrado em mais de 50 países.

O Cinema Dolce Vita de Ovar em parceria com o Festival de Avanca, um dos festivais que pertence à Euroshorts, uma rede europeia de festivais de cinema que nos últimos anos tem celebrado a data com exibições especiais um pouco por toda a Europa, decidiu assinalar a data com exibições únicas.

No dia 21 desde as 10h15 até às 22h15, com sessões de 30 em 30 minutos e com o preço especial de 20 cêntimos, todo o público está convidado a fazer parte da celebração.

Serão exibidas duas curtas-metragens de animação portuguesas.
“Zé e o Pinguim” realizado por Francisco Lança, conta a história do Zé uma criança que vive atormentada pelas contínuas discussões dos pais, tendo como único amigo um pinguim de peluche que ganha vida quando estão sozinhos.
Sendo um verdadeiro filme de aventura numa inesperada feira popular, foi um dos filmes portugueses com mais exibições internacionais em festivais dos 5 continentes. Esta obra contou com a música do Maestro António Vitorino d’Almeida e teve a sua estreia no festival de cinema AVANCA 2003, onde foi distinguido.

A acompanhar será projectado o filme “Um gato sem nome” de Carlos Cruz, que nos conta a história da Menina Cláudia que, na véspera do seu aniversário, formula um desejo: gostava de ser mosca para poder ouvir as conversas da sua família e assim saber quais os presentes que lhe vão dar.
Baseado no livro infantil “Um Gato sem Nome” de Natércia Rocha, com música do compositor americano Nik Phelps, este filme foi finalista dos prémios “16th Shanghai TV Festival – China”, Prémio Animação no “CUBANIMA – Festival Int.l de animación para los ninez y la adolescencia – Cuba”, Menção Honrosa do “Festival Prix Jeunesse Iberoamericano – Brasil” e teve estreia no Festival de Cinema AVANCA 2009, onde foi distinguido.

Ambos os filmes foram produzidos pelo Cine-Clube de Avanca e com a participação da RTP e do ICA/Ministério da Cultura.

Assim, em Ovar, celebra-se o dia da curta-metragem com obras marcantes do cinema de animação e com um preço bem especial.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta