LocalSlider

Detido suspeito da autoria de danos em montras e furtos na cidade

O suspeito da autoria dos actos de vandalismo que abalaram a cidade é um homem de 32 anos, desempregado, de nacionalidade estrangeira e residente no concelho de Vila Nova de Gaia.

O indivíduo foi detido, este sábado, por ameaça e injúrias a agente de autoridade, mas já tinha sido identificado, no passado dia 19 por suspeita da prática de danos causados em estabelecimentos comerciais, na referida zona de Ovar, tendo sido apreendido o objecto que terá sido utilizado para partir as montras dos estabelecimentos.

A PSP de Ovar levou a efeito uma investigação, especialmente no período nocturno, originada pela recente ocorrência de crimes de dano e furto em estabelecimentos comerciais, sobretudo na zona central de Ovar.

Nesta sequência e após comunicação telefónica a informar que um indivíduo estaria a fazer ‘grafitis’ numa rua da cidade de Ovar, elementos policiais da esquadra vareira dirigiram-se ao local e constataram a existência de algumas palavras escritas com tinta de ‘spray’.

Cerca das 02h55, o suspeito foi interceptado a deambular pela rua, tendo os polícias apreendido uma bicicleta, por suspeita de ter sido furtada, não tendo, contudo, encontrado na sua posse qualquer lata de ‘spray’ que o relacionasse com a prática dos referidos ‘grafitis’, pelo que o suspeito, após ter sido identificado, seguiu o seu destino.

No entanto, pelas 03h50, o indivíduo foi novamente interceptado numa outra rua de Ovar, onde tinham sido escritas várias frases, dentre as quais algumas injuriosas, e, desta vez, foi-lhe apreendida uma lata de spray, motivo pelo qual passou a ameaçar e a injuriar os polícias, tendo, por isso, acabado detido. Foi-lhe também apreendida uma tshirt com os dizeres “Polícia PSP”.

O detido foi hoje presente ao Tribunal de Ovar, pelas 14 horas, para conhecimento da medida de coacção, mas a sessão foi adiada para o dia 8 de Julho.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta