OpiniãoSlider

EDITORIAL: Este vírus não nos vai vencer

O jornal vareiro, “A Pátria”, de 3 de julho de 1919, escrevia: “Ovar foi a primeira terra a sul do Porto a levantar o seu grito de revolta contra a traição militar daquela cidade, pegando em armas em defesa da República, e procurando debelar o avanço realista sobre o Sul, o que conseguiram realizar”, da designada “Monarquia de Norte”, a 12 de Fevereiro.

Há 19 anos, neste dia, Ovar acordou quase submersa. Os cursos de água do concelho, enraivecidos, transbordaram como nunca antes se vira, arrastando tudo o que encontravam no seu caminho.

Os prejuízos foram muitos, havendo mesmo uma vítima mortal a lamentar, mas os vareiros, também nesta dificuldade, enxaguaram as lágrimas, secaram bens e haveres, arregaçaram as mangas e ultrapassaram a crise.

Hoje, o desafio é imenso, a provação desigual. Estamos cercados mas a luta é contra um inimigo invisível que nos escolheu – sabe-se lá porquê. A nossa coragem, a nossa fibra, vão prevalecer, mais uma vez. Juntos, em casa, limitando as nossas saídas ao mínimo, vamos vencer esse bicho.

Os vareiros não se rendem. Resistem! Este povo, habituado a ondas e marés de tempestade desde tempos imemoriais, vai fazer História. Outra vez.

#JuntosVenceremos #euficoemcasa

Luís Ventura

Foto: Acervo da Biblioteca Municipal de Ovar

Artigos relacionados

Deixe uma resposta