LocalSlider

Esmoriz: Tiroteio trava grupo de roubar ouro e prata

Um grupo de quatro homens estaria a preparar-se para assaltar uma loja de valores em Esmoriz, quando apareceu a GNR.

Os suspeitos foram detidos não sem antes ter havido lugar a um tiroteio. O alvo do assalto era um balcão da Western Union, que procede a transferências internacionais de dinheiro, à compra de ouro e de prata.

Em comunicado, a GNR refere que os indivíduos, com idades entre os 17 e os 36 anos, foram detidos por posse de arma proibida e condução sem habilitação legal.

O caso ocorreu cerca das 09 horas, quando um cidadão telefonou para a GNR a dizer que quatro indivíduos suspeitos se encontravam a colocar matrículas falsas numa viatura, junto a uma loja de compra e venda de ouro.

“Duas patrulhas do posto de Esmoriz deslocaram-se imediatamente para o local, deparando-se de frente com os suspeitos junto a um veículo, tendo um dos militares, quando se aproximou deste para abordar os ocupantes, sido ameaçado com uma caçadeira”, refere a mesma nota.

Os indivíduos tentaram colocar-se em fuga, direccionando o seu veículo contra os militares, tendo sido efectuado um disparo de advertência para o ar.

Como o condutor não acatou a ordem de paragem, os militares efectuaram quatro disparos em direcção dos pneus do veículo, tendo conseguido imobilizar o mesmo, mas os suspeitos conseguiram fugir a pé, acrescenta.

A Guarda montou então um cerco, tendo detido um dos suspeitos nas imediações do apeadeiro de Cortegaça. Os outros dois foram detidos pelas 10h15, quando se dirigiam para o apeadeiro de Paramos e o último suspeito foi detido pelas 11:00, quando se dirigia também para o mesmo apeadeiro.

A viatura usada pelos suspeitos foi apreendida pela GNR, assim como uma caçadeira de canos serrados e duas matrículas falsas. Os detidos vão ser entregues à Polícia Judiciária, para quem transitou a investigação.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta