CulturaSlider

“Feminino, Plural” até Fevereiro na Biblioteca Municipal

A exposição de pintura, “Feminino, Plural”, de Maria José Ferreira & Isa Santos, que a Biblioteca Municipal de Ovar inaugurou no passado dia de Reis, propicia o (inesperado) encontro de duas mulheres de gerações e
latitudes diferentes, que não se conheciam antes mas que, conquanto num tempo e espaço diversos, partilham o interesse pela figura e sensibilidade feminina.

Ambas idealizam e materializam, em traços e tons fortes, a mesma premissa ainda que, inevitavelmente, reflectindo o seu background pessoal e artístico nas obras que nos dão a conhecer.

Maria José Ferreira nasceu em Sintra, em 1951, e viveu em Moçambique, onde foi aluna do pintor António Quadros.
Licenciada em Artes Plásticas – Pintura. Foi professora do ensino secundário. Expõe regularmente, desde 1983. Tem no seu curriculum mais de cem exposições colectivas. Desde há
cerca de 20 anos, participa nas mostras de professores-artistas e nas coletivas de artistas, realizadas em Sintra.
Tem participações internacionais na Bélgica, França e Moçambique, com destaque para a Mostra de Pintura Portuguesa sob o signo da Presidência Portuguesa da EU, 1995-Bruxelas.

Expõe individualmente, desde 1985, tendo já realizado cerca de 40 mostras em Portugal, duas em França (Galérie Art Présent- Paris) e uma em Moçambique (Instituto Camões-Maputo), entre outros, expôs na Galeria Altamira, Cascais; Vale do Lobo, Algarve; Palácio Valenças e Museu Regional de Sintra; Galeria de Albarraque; Galeria da RTP, Galeria Matriz, Museu Geológico, Galeria Matos Ferreira, Lisboa; Centro Cultural de Lagoa; Atelier Ernesto Neves, Sintra; Galeria de Arte Contemporânea, Amadora; Centro Cultural de Campo Maior, Museu da Resistência- Espaço Grandela- Lisboa, Museu de Ovar; Galeria Oficina Boreal, Alcabideche.
Tem publicados diversos trabalhos de design gráfico, desenho, banda desenhada, ilustração e serigrafia.
Está representada em museus e coleções particulares.

Em 2011, foi comissária da exposição colectiva “ 50 Anos, 50 Quadros», comemorativa do aniversário da Amnistia Internacional e da colectiva do C.A.B., ambas em Vila Alda, e participou, pela segunda vez, na 2.ª Feira de Arte da Amadora.

Isa Santos nasceu em Ovar, em 1984. Licenciada em Artes Plásticas – Pintura, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Realizou um estágio profissional na Galeria Sacramento, em Aveiro. Foi técnica de animação do pré-escolar, em Valadares, durante 3 anos. Atualmente, é
gestora e artista plástica residente na Galeria do Jardim, em Ovar.

Realizou várias exposições individuais e participou em colectivas, entre as quais, a colectiva de pintura no espaço Serv´artes, no Porto; colectiva de pintura e escultura “A Última Ceia”, na Galeria Sacramento, em Aveiro; colectiva de Arte Sacra – Pintura, na Galeria S. Miguel, em Fátima; colectiva de pintura no Posto de Turismo do Furadouro, em Ovar, e coletiva de pintura, no Evento FozArte, no Porto. Entre as exposições individuais destaca “Identidade Escondida”, na Galeria Morgados da Pedricosa, em Aveiro (2007); “Contornos de Mulher”, na Biblioteca Municipal de S. João da Madeira (2009); “Almas de Vénus”, no Museu de Ovar (2011); “Recantos de Ovar”, na Biblioteca Municipal de Ovar (2012), “Clássicos de uma Lady” na Galeria do Jardim, Ovar (2015).

Participou em vários concursos de pintura, destacando-se: “Aveiro Jovem Criador”, em 2007, no qual lhe foi atribuída Menção Honrosa; “Sua Majestade – O Rei”, no Museu do Vinho Bairrada, em Anadia; “ Prémio de Pintura Abel Manta”, no Museu Municipal Abel Manta, em Gouveia; “1º Prémio Jovem de Artes Plásticas – CAE”, na Figueira da Foz; “IV Prémio de Arte Erótica” organizado pela ARGO, no Auditório Municipal de Gondomar.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta