Empresas

JOM investe em mais cinco centrais fotovoltaicas

A DST solar, empresa do dstgroup (Braga) especializada em energia solar fotovoltaica, será responsável pela construção de mais cinco centrais fotovoltaicas para a JOM, empresa de Guimarães a operar no mercado há mais de 20 anos, anunciou hoje a empresa bracarense.

Após a execução de três centrais fotovoltaicas, nas lojas da JOM em Aveiro e na Batalha e na sede da JOM Indústria, em Guimarães, a JOM adjudicou cinco novos projetos fotovoltaicos, nomeadamente na Mealhada, em Corroios e nas três lojas da JOM, em Ovar.

“O investimento na tecnologia solar fotovoltaica, no âmbito da nossa política de responsabilidade ambiental, reitera a nossa visão de que devemos fazer parte do desenvolvimento do caminho para a descarbonização da economia”, destaca Joaquim Mendes, administrador da JOM, sublinhando ainda que “a dstsolar foi seleccionada para este projecto, tanto pelo profissionalismo, como pelo portefólio demonstrado. A nossa escolha provou-se certeira, de tal modo que vamos avançar com mais cinco projectos que voltam a ter o cunho da empresa solar do dstgroup”.

José Teixeira, presidente do dstgroup acredita que a execução destas oito empreitadas para uma das mais dinâmicas empresas nacionais em artigos de lar e decoração “é o resultado do empenho, do esforço diário e das competências da dst solar no desenvolvimento de soluções competitivas e que acrescentam valor ao mercado”.

“Significa ainda o reconhecimento de uma parceria que se elevou a uma experiência de sucesso com impactos positivos para os parceiros, para os clientes e para o ambiente”, vinca.

A execução das centrais fotovoltaicas representa um investimento de 300 mil euros, com a colocação de mais de 1.500 módulos fotovoltaicos, que permitirá a redução anual de emissões de 345 t de CO2, refere o comunicado da DST.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta