Empresas

Leitura de acórdão adiada outra vez

O Tribunal de Aveiro adiou hoje, pela segunda vez, a leitura do acórdão de um processo de corrupção em que são acusados o sucateiro Manuel Godinho e um ex-funcionário da REFER.

O colectivo de juízes deferiu um requerimento da defesa do funcionário da empresa ferroviária, solicitando a audição de mais três testemunhas, o que deverá acontecer a 17 de novembro.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta