Quinta-feira , 27 Julho 2017
Ler também:
Lucro da Toyota Caetano Portugal caiu para os 5,9 milhões

Lucro da Toyota Caetano Portugal caiu para os 5,9 milhões

Segundo o relatório e contas da empresa aprovado em assembleia geral e publicado na Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o volume de negócios foi de 274.422.481 euros, numa subida de quase 7% em relação a 2015, existindo também um aumento dos gastos de financiamento e com pessoal.

Já o investimento líquido passou dos quase 17 milhões de euros em 2015 para nove milhões em 2016.

Relativamente à actividade comercial da Toyota Caetano Portugal, em 2016 houve um crescimento de 4% em relação a 2015 na venda de veículos, revelando uma quota de mercado de 4,1%, “particularmente justificado pelo aumento significativo das vendas nos últimos meses do ano”, segundo a mensagem do presidente do grupo, José Ramos, no relatório.

O documento elencou como prioridades e objetivos globais para este ano “capitalizar os modelos mais representativos em termos de vendas – Yaris e Auris, baseado no lançamento do Novo Yaris e no lançamento de uma série especial Auris”, o lançamento do novo modelo C-HR e “potenciar as vendas ao cliente empresa”.

Na lista está ainda o reforço da imagem e valor da marca através da tecnologia híbrida e potenciar a gama de comerciais, renovada em 2016 com as novas gerações dos modelos Proace e Hilux.

Sobre a atividade industrial, 2016 fechou com um total de 1.823 unidades produzidas do Toyota Land Cruiser 70 (+12% do que em 2015), na Fábrica de Ovar da Toyota Caetano Portugal.

Para 2017, a empresa prevê um volume de produção em linha com o realizado em 2016. “Este volume será afetado por uma nova Minor Change do produto Land Cruiser a realizar-se no segundo semestre”, lê-se no relatório.

Na atividade de veículos industriais, o grupo afirmou a sua liderança com uma quota de mercado superior a 30%.

Deixe uma resposta