Empresas

Manuel Godinho usa Oliveira e Costa para reduzir a pena

Manuel Godinho é o único arguido do processo ‘Face Oculta’ que pode recorrer para o Supremo Tribunal de Justiça. Foi condenado na 1ª instância a 17 anos de cadeia, pena que o Tribunal da Relação do Porto reduziu para 15 anos e 10 meses. O sucateiro de Ovar não se conforma e quer uma nova diminuição da condenação. Diz que não pode apanhar uma pena semelhante a Oliveira e Costa, o ex-presidente do BPN que levou 14 anos de cadeia.

“Não se ignora que, ainda há poucos dias, no tocante aquele que foi qualificado – pelo próprio presidente do tribunal – como o maior conjunto de burlas e fraudes julgado em Portugal tenha correspondido pena semelhante à de Manuel Godinho”, diz o recurso.
O sucateiro, que chegou a estar em prisão preventiva, pede para ser condenado a uma pena não superior a oito anos de cadeia. Diz ainda que alguns dos factos pelos quais foi condenado integram crimes de participação económica em negócio e não crimes de corrupção ativa. Em outras situações, diz que não foi cometido qualquer crime da sua parte.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta