Sexta-feira , 24 Novembro 2017
Ler também:
Missão Continente (também) apoia a APADO

Missão Continente (também) apoia a APADO

A APADO – Associação Protectora de Animais Domésticos de Ovar, que tem agendada uma “CãoMinhada”, para domingo, 17 de Setembro, às 10 horas, entre outros, com o objectivo de angariação de fundos, é uma das instituições que tem tido o apoio da Missão Continente.

São 46 as instituições do distrito de Aveiro que são diariamente apoiadas pela Missão Continente com doações dos excedentes das lojas Continente locais, que representam um valor acumulado, no primeiro semestre, equivalente a 24.288 refeições. A nível nacional, todas as 250 lojas Continente contribuem para esta causa com excedentes alimentares. Este apoio é realizado pelo Continente há mais de 20 anos.

Algumas das instituições beneficiadas são o Centro Social de Anadia, a Associação Cultural Porto de Abrigo e a Santa Casa da Misericórdia de Vale de Cambra, APADO e Patinhas e Patudos – Ass. Amigos dos Animais de Oliveira de Azeméis organizações que apoiam a população do distrito de Aveiro nas suas causas sociais.

Em 2016, os produtos doados pela Missão Continente representaram um valor de 6 milhões de euros, equivalentes a 1,6 milhões de refeições.  Este ano, o número de instituições apoiadas pela Missão Continente é de cerca de 800. A iniciativa, além de apoiar causas sociais, pretende também combater o desperdício alimentar.

Para receberem apoio, as instituições devem candidatar-se, exclusivamente, no site – https://missao.continente.pt/ – preenchendo os principais dados da entidade, a área de actuação e ainda os beneficiários do projecto, um pedido que será, oportunamente, avaliado pela Missão Continente. As beneficiadas actuam em áreas como o apoio a vítimas e crianças abandonadas, luta contra a fome e o combate ao abandono de animais, entre outros.

José Fortunato, Presidente da Missão Continente, declara que “faz parte da política do Continente envolver-se com as comunidades onde as nossas lojas se encontram instaladas”.

A responsabilidade social é, segundo ele, “um dos principais canais para que possamos contribuir para o bem-estar dos habitantes, não só através desta iniciativa das doações de excedentes a instituições sociais, como através de outras práticas que visam a sustentabilidade a nível local”.
São exemplos disso o apoio à produção local, o financiamento de projectos apresentados pelos Centros de Saúde, vencedores do Concurso Missão Continente, a sensibilização para adopção das melhores práticas ambientais e a promoção do consumo consciente”.

Deixe uma resposta