Quarta-feira , 22 Novembro 2017
Ler também:
O maior cruzeiro do mundo vai atracar no Centro de Artes

O maior cruzeiro do mundo vai atracar no Centro de Artes

É o maior cruzeiro do mundo e está prestes a levantar âncora em direcção ao infinito azul. No próximo sábado, dia 11 de novembro, às 22 horas, a caixa de palco do Centro de Artes de Ovar (CAO) recebe o mais recente projecto de Raquel Castro, espectáculo que resulta do programa de estímulo à criação promovido pela Rede 5 Sentidos, da qual o CAO faz parte desde a sua génese.

A encenadora traz a Ovar o maior cruzeiro do mundo, baptizado de “O Olhar de Milhões”. Uma ilha flutuante onde cabem todos os desejos e caprichos, onde nada é impossível e tudo se quer para ontem. Uma montra da sociedade contemporânea e da sua sede pelo consumismo desenfreado que faz esquecer outros valores. A alienação mora aqui, embarquemos.

Desenganem-se aqueles que pensam que se trata apenas de mais um navio de cruzeiro. As caraterísticas do “Olhar de Milhões” conferem-lhe o estatuto de um mega resort flutuante – o maior da Europa – e o único capaz de proporcionar a derradeira experiência, ilimitada e total. Para além das aclamadas atracções Ultimate Abyss, Fetiche Arena, Wind Tunnel, Chemical Enhanced Racing, Mummy`s Milk Shot, Full Communication Zone, há novidades para todos os perfis, porque só se vive uma vez.

Concebido e dirigido pela encenadora Raquel Castro, “O Olhar de Milhões” enfrenta o tempo presente, operando sobre temas como o consumo, o vício, a alienação, o excesso de informação, o primado do imediato, o aborrecimento.

É um dos espectáculos resultantes do programa de estímulo à criação artística nas áreas do teatro e da dança promovido pela Rede 5 Sentidos, uma rede de programação cultural e artística, fundada em 2009 com o intuito de estabelecer uma colaboração mais estreita entre os vários Teatros envolvidos e assente na troca de saberes, processos e experiências de trabalho. Uma estratégia que visa fortalecer o desempenho de todos os parceiros e que permite apoiar os artistas e responder às suas necessidades através de ações concertadas no âmbito da coprodução, dos circuitos de apresentação, das residências, do acompanhamento artístico e das parcerias internacionais. Raquel Castro com “O Olhar de Milhões” e Luís Guerra com “A Tundra” foram os escolhidos para o biénio 2016/2017, sendo este ano visíveis os resultados deste investimento.

Raquel Castro, actriz e encenadora, conta já inúmeras participações em trabalhos que percorrem vários ângulos artísticos. Enquanto encenadora, criou as peças “Os Dias São Connosco” e “Dona de Casa”, entre outras. Como actriz, participou, mais recentemente, nas peças “Oslo”, de Mikael Oliveira, e “Ricardo III”, de Tónan Quito, entre muitas outras ao longo de uma carreira que arrancou em 2008. Raquel Castro tem ainda o seu nome em 3 produções cinematográficas.

A Rede 5 Sentidos é constituída pelo Teatro Viriato, Teatro da Guarda, Maria Matos Teatro Municipal, Centro Cultural Vila Flor, Teatro Virgínia, Centro de Artes de Ovar, Teatro Académico Gil Vicente, Teatro Micaelense, Teatro Nacional de São João, Teatro Municipal do Porto, O Espaço do Tempo.

Deixe uma resposta