CulturaSlider

O Pão-de-Ló (continua) em festa

Depois da estreia na noite de São João, no lugar da Ribeira, a Marcha das Ribeirinhas saiu à rua no I Festival Temático do Pão-de-Ló de Ovar. Nada mais apropriado, já que a par da sua cor e alegria, os elementos da marcha traziam o adereço certo no fato: o Pão-de-Ló. O Grupo Cultural e Recreativo “Os Pescadores do Furadouro” também não faltou à chamada e depois de ter estreado a sua marcha no passado fim-de-semana, junto à praia, veio a Ovar mostrar os trajes da tradição da beira mar.

O Jardim Almeida Garrett atraiu, este sábado, muita gente para o segundo dia do certame com uma programação, com destaque para o  workshop de azulejo por Marcos Muge, uma sessão de autógrafos do escritor vareiro, Carlos Nuno Granja, um desfile de trajes etnográficos e as actuações dos grupos folclóricos de Jusã e o Cancioneiro de Ovar.

Entretanto, não faltam oportunidades para degustar e adquirir a iguaria rainha e alguns pratos típicos da época no Jardim Almeida Garrett. As barraquinhas abrem, este domingo, a partir das 10 horas e convidam ao convívio pela noite dentro.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta