ComunicadosPolítica

PCP quer reunir com Junta de Freguesia para saber da USF de Maceda

A pólo de Maceda da Unidade de Saúde Familiar Laços, inaugurado com pompa e circunstância em Maio de 2016, significou um investimento de mais 400.000 Euros por parte do Município. Afirmava nessa data Salvador Malheiro, Presidente da Câmara de Ovar, que o projecto pretendia garantir a “coesão” e os cuidados de saúde “de proximidade” no Município.

O certo é que durante os anos de 2016 e 2017, o pólo de Maceda funcionou semanalmente apenas durante uma manhã e uma tarde, o que sendo insuficiente permitia pelo menos garantir um certo nível de cuidados de saúde aos Macedenses.

Em Abril de 2018, menos de 2 anos após a sua abertura, Maceda deparou-se com o encerramento do seu posto de saúde, forçando os utentes a deslocarem-se às freguesias vizinhas de Cortegaça e Arada.

Esta situação foi particularmente grave se tivermos em conta que se trata de uma freguesia com uma percentagem elevada de população idosa – 16,1%, um valor superior à média do concelho – muitos dos quais se deparam com problemas de mobilidade, quer por problemas de saúde, quer por insuficiência económica. É, por outro lado, altamente lesiva da atractividade da freguesia, já que Maceda se depara com um grave problema demográfico, sendo importantes todas as medidas que permitam fixar a população.

O PCP propôs na Assembleia Municipal de Novembro último uma moção instando o Ministério a tomar as devidas diligências para disponibilizar os necessários recursos humanos (médicos, de enfermagem, secretariado e manutenção) que permitam a reabertura do pólo de Maceda da USF Laços. Apesar do documento ter sido aprovado por unanimidade, até agora não existe qualquer solução para o problema criado.

Sem deixar de pressionar o Ministério para que assuma as suas responsabilidades no que toca à reabertura do pólo da, o PCP pediu também uma audiência com o Presidente da Junta de Freguesia de Maceda a fim de se inteirar dos desenvolvimentos relativamente a este tema, nomeadamente no que toca à sua reabertura e aos rumores que apontam para uma utilização diferente daquela que foi planeada inicialmente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta