LocalSlider

Ovar: PJ liberta menor de cenário de escravidão

A Polícia Judiciária, através da Directoria do Norte, identificou e deteve um homem e uma mulher, na casa dos 30 anos, ambos de nacionalidade estrangeira e residentes no concelho de Ovar, fortemente indiciados pela prática dos crimes de tráfico de seres humanos, abuso sexual de criança, maus tratos e falsificação de documentos.

No âmbito desta investigação apurou-se que a vítima, uma menor atualmente com 17 anos de idade, foi retirada contra a sua vontade do seu seio familiar quando tinha apenas 12 anos de idade, vindo a ser obrigada a viver uma relação marital, tendo os suspeitos contado com a cumplicidade da mãe da criança que terá recebido uma quantia monetária para o efeito.

Esta criança terá já vivenciado anteriormente um outro episódio de vitimização, uma vez que, com apenas 10 anos de idade, terá sido entregue em circunstâncias semelhantes a uma outra família que a transportou para um outro país, submetendo-a durante um ano à prática da mendicidade forçada e forçando-a igualmente a manter uma relação marital contra a vontade, vindo a ser depois restituída à progenitora.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta