LocalSlider

Plantas infestantes cortadas na Estação

Notícia dada problema resolvido

O apelo dos comerciantes do Largo da Estação, feito notícia OvarNews, alertava para o mato que se tornara ninho e esconderijo de bicharada.

António Coutinho, proprietário do restaurante D. Joaquim, inaugurado há pouco tempo no referido largo, pintava o quadro em tons inesperados: “Já matei três cobras e vários ratos e ratazanas que vêm desta propriedade abandonada pertencente à Infraestruturas de Portugal (IP)”.

“Abri uma casa nova, investi muito dinheiro nesta zona da cidade e debato-me com problemas que nunca pensei que existiam em pleno século XXI”, lamentava o proprietário apontando para as medidas que teve que tomar para vedar as portas do seu estabelecimento à bicharada indesejável que por ali prolifera.

Mas esta semana, ao que se supõe, a Infraestruturas de Portugal ordenou o corte das plantas infestantes, o que deixou os comerciantes, obviamente, satisfeitos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta