Política

PS saúda reversão e critica Salvador Malheiro

O PS de Ovar mostra-se muito satisfeito com a reversão da decisão de encerrar parcialmente o Centro de Saúde de São Vicente Pereira Jusã, conhecida esta sexta-feira.

Em comunicado, os socialistas de Ovar lamentam que “o primeiro a vir anunciar as boas novas desta reversão foi o que menos fez por ela”.

O alvo da crítica é o presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, que “pouco ou nada fez (…), apenas se preocupando em atirar as culpas ao Governo e ao Ministério da Saúde”.

A estrutura liderada por Luís Alves lembra o executivo da Câmara Municipal de Ovar que se sentiu “cabalmente esclarecido” com o encerramento desta unidade de Saúde e “a verdade é que se calou, que se conformou, que não lutou por Ovar e por S. Vicente”.

Os socialistas consideram que “esta vitória, é, acima de tudo de S. Vicente, da sua população e do seu presidente de Junta Bruno Oliveira, que lutou sempre, que não se conformou e que não se sentiu cabalmente esclarecido”.

“Esta vitória é também do executivo da Junta da União das Freguesias, que sozinho tudo fez para que o que conseguimos hoje fosse uma realidade, que junto do Governo fizeram ouvir a sua voz na Administração Regional, nos Ministérios e na Comunicação Social”.

“Mas a verdade é como o azeite, vem sempre ao de cima. E, São Vicente de Pereira Jusã sabe perfeitamente quem ao lado dela esteve nesta luta”, termina o comunicado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta