LocalSlider

Rio de Janeiro que ser cidade-irmã de Ovar

Depois de João Pessoa, cidade com a qual Ovar tem uma geminação firmada há vários anos, eis que surge nova proposta de geminação com o Brasil, desta vez com a cidade do Rio de Janeiro.

O presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, lembra o “momento inesquecível” vivido a convite da comunidade carioca a morar em Ovar, durante o Carnaval deste ano, na Taberna Dom Joaquim, quando tomou conhecimento do documento oficial.

A iniciativa partiu do 1.º secretário e vereador da Câmara Municipal do rio de Janeiro, Carlos Caiado, que apresentou o Projecto-Lei n.º 652/2017 que faz da “cidade de Ovar, em Portugal, cidade-irmã da cidade do Rio de Janeiro”, a pedido de um grupo de cidadãos cariocas que elegeu a urba vareira para sua segunda morada.

Segundo o autarca brasileiro, “esta iniciativa tem o objectivo de estreitar laços entre as duas cidades e, do lado do Rio, manifestar o nosso agradecimento em receber calorosamente tantos cariocas em vossa cidade”.

Por outro lado, Carlos Calado, mostrou-se muito impressionado com a singularidade cultural, artística, cultural e desportiva da cidade vareira que acolheu os filhos do Rio de Janeiro e também a alegria com que estes cariocas falam sobre a cidade de Ovar”.

Entretanto, o jornal brasileiro online “newspositivas” escreveu sobre o assunto, lembrando que “há quase um ano, um grupo de cariocas resolveu escolher Ovar”. “Com belas praias, extensos areais e pinhais, que faz dela um lugar com aptidão para o desenvolvimento de atividades ligadas ao turismo, esporte e lazer”. “O seu potencial, ecológico e de lazer, a religiosidade, a arte da azulejaria, o carnaval, as belezas naturais e o acolhimento do seu povo” fez com que brasileiros escolhessam Ovar “para visitar ou morar e, mais recentemente, um número expressivo de cariocas decidiram trocar a Cidade Maravilhosa pela tranquilidade de Ovar”.

Em Ovar, o assunto parece ser consensual, aguardando que, no Rio de Janeiro, a proposta ganhe força de lei para que a geminação seja oficializada.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta