LocalSlider

Salvador Malheiro volta a criticar números da DGS

O presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, voltou esta tarde a questionar os números de casos confirmados de Covid-19 no seu concelho. Em causa estão os 273 casos confirmados anunciados pela DGS, quando na verdade, segundo ele, se verificam 477 no concelho de Ovar.

“Infelizmente o número de infectados confirmados em Ovar não é 273 como hoje vem descrito no relatório da DGS, mas sim 477 de acordo com a autoridade local de saúde. E tivemos mais 2 óbitos totalizando no Município já 18 falecimentos com COVID”, escreveu Malheiro nas redes sociais.

“Estes números reais de novos confirmados”, acrescentou, “contrariam a tendência verificada nos últimos dias”, argimentando que “a justificação estará na chegada de um grande número de resultados de testes”.

Ora, no relatório da DGS, figuram sempre apenas 79% dos casos detetados, segundo informação indicada no quadro de casos por concelho. Porém, 273 casos não são 79% dos 477; são apenas 57%. Os dados são veiculados pelo sistema SINAVE (Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica).

No que toca a óbitos, Aveiro alcançou Ovar, ambos com 18 óbitos. No caso aveirense, as mortes dizem respeito ao lar da Misericórdia. Seguem-se Albergaria-A-Velha (7) e Ílhavo (6).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta