CarnavalEspecial CarnavalGaleriaSlider

Um desfile radioso como o Sol

Mais de 25 mil pessoas tiveram, esta tarde, a oportunidade de assistir a um fantástico corso carnavalesco abençoado pela luz do Sol.

Era o Hawai em Ovar e a temperatura subiu com a passagem da primeira escola de samba. A Charanguinha passou e a voz de Xando ecoou. Os arqueólogos Catitas e a instrução da Tropa dos Vampiros antecederam a homenagem das melindrosas aos Queen e a Freddie Mercury. Uma paródia em torno da Tourada foi a proposta dos Pindéricus e os Xaxas trouxeram a Fiesta à Avenida.

O Circo desfilou no enredo da escola de samba Juventude Vareira, logo seguidos dos Zuzucas num Currupiu e os Marroquinos no tributo a Da Vinci. As Melindrosas levaram-nos à Bahia e os Marados elevaram-nos na magia, antes de presenciarmos um assalto ao vivo pelos Não Precisa.

Os Deuses do Olimpo acompanharam os Kan-kans, os Pierrots vieram de África e às Mary Poppins dos Bailarinos só faltou mesmo voar. O Monopólio dos Hippes foi original e as Joanas causaram espanto antes da passagem das vindimas das Carrucas.

A Costa da Prata proporcionou uma ópera a céu aberto, em contraste com os bacalhaus dos Condores, os Feiticeiros de Oz dos Levados do Diabo, o aroma do café das Palhacinhas, o saloon dos Pinguis e a fechar os limpa-chaminés dos Garimpeiros. Terça-feira há mais.

Créditos da fotografia destaque: efo_photography

𝗚𝗥𝗔𝗡𝗗𝗘 𝗖𝗢𝗥𝗦𝗢 𝗖𝗔𝗥𝗡𝗔𝗩𝗔𝗟𝗘𝗦𝗖𝗢 (I)#carnavaldeovar2020

Publicado por Coração Vareiro A Namorar Ovar em Domingo, 23 de fevereiro de 2020

Artigos relacionados

Deixe uma resposta