CarnavalSlider

Um Torpedo para ajudar à festa

canto certo

O “Carnaval em Casa” é mais uma a proposta para este Carnaval de Ovar 2017. O programa contempla três noites de música para “Gente de barba rija”, com entrada livre, onde a Casa do Povo se assume como como uma alternativa musical a quem vem “brincar” ao Carnaval.

Depois das Spicy Noodles (Erika Machado e Filipa Bastos), dos Bons Meninos Sound System e do Colectivo Sound Trap, este sábado entra em cena o Victor Torpedo Karaoke Show.

Victor Torpedo dispensa apresentações, mas para os mais desatentos é um dos nomes maiores do rock’n’roll nacional. Dos Tédio Boys aos Parkinsons, dos Blood Safari aos Tiguana Bibles, passando por 77 e Subway Riders, foram inúmeros os projectos que Victor Torpedo abraçou. Agora chegou a vez do seu projeto a solo, uma espécie de desconstrução do formato “one-man-band”, sarcasticamente designado “Karaoke Show-live!”. Com uma estética DIY próxima do postpunk, a que se acrescentam outros elementos da cultura musical de Victor Torpedo, juntamos ainda um apurado sentido de humor. “Karaoke Victor Torpedo” é um espetáculo carregado de ironia e ao mesmo tempo de amor, ódio, raiva e desespero. É negro, mas repleto de muita cor e com uma banda sonora fantástica, um verdadeiro mash up cinematográfico muito peculiar, com incursões pelo punk rock, reggae, dub, rock, pop e música eletrónica.

Fecham a noite e a programação, os Da Punch DJ’s, que regressam após 8 anos de retiro espiritual. Esta dupla de “mete discos” (Americo Brazens e Gil Godinho) com rock nas veias, juntam-se para uma noite que se quer épica e irrepetível. Um murro bem dado no estômago dos mais fraquinhos…

Max

Artigos relacionados

Deixe uma resposta