DesportoSlider

Vareira representa Portugal no Campeonato do Mundo de Bowling

A vareira Cristina Soares está confirmada como representante portuguesa no Campeonato do Mundo de Bowling.

A 50.ª edição do Qubicaamf World Cup terá lugar na cidade Wroclaw, na Polónia, entre os dias 1 e 9 de novembro de 2014, e conta com mais de 80 países inscritos.

Trata-se de um evento com grande tradição que acolhe, todos os anos, um representante feminino e um masculino de cada país do mundo onde exista pelo menos um centro de bowling.

Para se qualificar, Cristina Soares venceu, no passado mês de Setembro, o torneio de apuramento realizado em Sintra e, assim, conseguiu o passaporte para estar entre as melhores praticantes do Mundo.

Esta atleta de 37 anos é jogadora de Bowling há 15 anos e filiada no Clube de Ovar há 5 anos. Treina oficialmente nas instalações da Bowlikart na zona industrial de Ovar e é a primeira treinadora portuguesa certificada pela USBC com o título Bronze Coach.

5 PERGUNTAS A CRISTINA SOARES

1. Como surgiu o Bowling na sua vida?
Comecei a jogar bowling em 1998 com uns amigos enquanto estudava em Lisboa. Como ia frequentemente ao Algarve, acabei por descobrir um centro de bowling com 4 pistas no Alvor e um senhor muito simpático que ao reparar no meu interesse me ensinou a dar os primeiros passos nesta modalidade. Daí a comprar os meus primeiros sapatos foi um “saltinho”…
No ano de 1999 abre em Lisboa o maior centro de bowling do país, e em 2000 acontece o evento que me mais me marcou neste desporto que foi o AMFWorldCup no Parque das Nações, em Lisboa, com cerca de 180 jogadores de todas as partes do mundo. Naquela altura, eu jogava muito pouco e não consegui a oportunidade de representação, mas estive no evento como árbitro, o que foi extraordinário.

2. Quantas horas pratica por dia?
Cerca de 2 horas 3 vezes por semana.

3. Temos ideia que o Bowling é um desporto de elite. É assim?
Obviamente que é um preconceito errado. É um desporto acessível a todas as idades, desde os 6 aos 96 anos. Todos podem ser atletas de alta competição nesta modalidade. Para jovens até aos 16 anos, todos os sábados à tarde, das 16h ás 19h é possível ter aulas de bowling por apenas 15€ por mês, portanto, nem sequer pelos valores é assim tão difícil. É fantástico para treino da concentração e coordenação motora. Além de ser bastante exigente a nível físico, este desporto é cerca de 80% mental.

4. O que sentiu quando atingiu o resultado que lhe permite representar o nosso país?
Ganhar este apuramento foi como um sonho tornado realidade, pois desde o ano de 2000 que este foi o meu objetivo mais desejado neste desporto. Foi um apuramento muito desgastante, fiz cerca de 17 jogos em cerca de 6 horas. No final, foi uma emoção enorme trazer este título para Ovar. Apesar das adversidade e das lesões de que fui alvo nos últimos 2 anos, este resultado veio encher-me de energia para começar a lutar pela divulgação deste desporto fantástico.

5. Tem algum tipo de apoio?
Neste momento sou apoiada pela Bowlikart, tanto a nível de formação como de treinos e material. Sem este apoio seria difícil conseguir este feito.

Os resultados desta competição poderão ser acompanhados no site www.qubicaamf.com.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta