CulturaSlider

Vareiro distinguido no PE por produto “Lending-as-a-Service”

Distinguido no Parlamento Europeu como um dos “Top 40 under 40 EU India Leaders”, o ovarense Ricardo Vidal tem vindo trabalhar em prol das relações comerciais entre a União Europeia e a Índia. Mas também ajudado a desenvolver negócios em várias outras geografias. O seu mais recente projecto, a “wefox”, tornou-se um unicórnio europeu.

“Usualmente, não dou muita importância a prémios pessoais e prefiro focar-me nos prémios para os produtos que desenvolvo e para as minhas equipas, mas tenho de admitir que receber um prémio no Parlamento Europeu, das mãos de uma Deputada Europeia, teve um sabor especial”, disse o vareiro ao site da UA. “Recebi este prémio com grande humildade e prossigo com entusiasmo neste percurso, criando produtos um pouco por todo o mundo”, acrescentou.

O prémio distinguiu os 40 “jovens” com menos de 40 anos que deram um contributo fundamental para fortalecer as relações entre a Europa e a Índia. “Não sou propriamente um especialista em UE ou Índia… Esta distinção poderia ter sido atribuída ao trabalho que realizei noutras geografias, desde países europeus ou fora da Europa, como o México, Republica Dominicana, ou até mesmo na Rússia, Cazaquistão e Austrália”.

A distinção reconhece o trabalho do vareiro em diversos momentos, sendo que um deles está relacionado com um produto “Lending-as-a-Service” que, basicamente, é um produto que facilita compras online pagas mensalmente em vez de um pagamento único e que pode ser integrado em sítios Web.

Esse produto, desenvolvido enquanto trabalhou para Kreditech, contribuiu, em conjunto com a empresa PayU, para abrir o mercado indiano à Kreditech. Um outro aspeto que contribuiu para o prémio relaciona-se com o apoio que deu, sempre que possível, a empresários e empresas jovens.

Um terceiro motivo para a distinção tem a ver com o estudo “Índia Fintech Opportunities Review”, promovido pelo Yes Bank da India, no qual Ricardo Vidal participou como membro do “Advisory Council”, posteriormente apresentado ao Governo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta