LocalPrimeira Vista

“Contribuir para a felicidade dos nossos concidadãos”

"Política pela negativa não dá bons resultados", reforçou Salvador Malheiro

[themoneytizer id=”16574-1″]

 

“Não existe nada mais gratificante do que, no exercício do poder autárquico, poder contribuir para o incremento da felicidade dos nossos concidadãos”. Foi assim que o presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, iniciou, esta quarta-feira, a sua intervenção na sessão Solene do Dia do Município.

O Edil apelou ao “Espírito Vareiro”, à “unidade e mobilização de todos para responder à chamada da história e transportar para um futuro incerto essa luz preciosa da coragem, da liberdade, da seriedade e da união”.

“O mundo mudou” e a “forma de fazer política também tem de se adaptar e evoluir”, reforçando ideia de que a “política pela negativa não dá bons resultados”. “Basta analisar os resultados das últimas autárquicas”, questionando: “De que vale olhar-se para uma floresta organizada, com centenas de milhares de árvores saudáveis, e identificar uma com um ramo doente?”

Os desafios da gestão autárquica também lhe mereceram reflexão. “Não se confinam às paredes desta casa, ao conforto dos gabinetes”. Salvador Malheiro garante que “não conseguimos resolver os problemas da Orla Costeira sem conversar com o Ministério do Ambiente, (…) não conseguiremos desbloquear, de uma vez por todas, a requalificação da Estrada Nacional 109, da linha férrea e das nossas estações, sem um diálogo franco com o Governo, não conseguiremos valorizar o nosso Hospital sem uma pressão dialogante com o Ministério da Saúde”.

Por fim, “não conseguiremos ter sucesso acrescido na angariação de fundos comunitários se não tivermos o lobby de Ovar a funcionar fora de portas”.

O edil ovarense atentou ainda que “num tempo em que o nosso sector da saúde nacional vive momentos menos bons, com algum desinvestimento, com alguns problemas graves em serviços de prestação de saúde de referência, vamos inaugurar a nova Unidade de Saúde Familiar de Válega”.

Este é um investimento que “muitos já não acreditavam que pudesse ser concretizado”, disse, anunciando que, “amanhã, dia 26, estará de portas abertas para receber os utentes e prestar serviços de saúde de qualidade”.

A fechar, assegurou não encontrar “nada mais gratificante na vida política activa do que ver recompensado o nosso trabalho diário num sorriso de felicidade no rosto dos meus concidadãos”.

Sobre a atribuição das medalhas de mérito municipal, Salvador Malheiro destacou a Medalha de Ouro do Município para José Macedo Fragateiro (a título póstumo), a Medalha de Mérito Municipal Ouro para Manuel Gomes Oliveira “Tionga”, para António Salvador “da Vareirinha” (a título póstumo) e Joaquim Machado Costa Guimarães, e ainda a Medalha de Mérito Municipal Prata para Joaquim Almeida e Pinho pelo seu papel na construção do Museu Escolar de Válega (foto) e ainda para o Esmoriz Ginásio Clube.
Medalha de Mérito Municipal Bronze para Carlos Manuel dos Santos Valente Baldaia, Associação dos Emigrantes de Santa Maria de Válega, Agrupamento 1000 – Maceda do Corpo Nacional de Escutas, Contacto – Companhia de Teatro Água Corrente de Ovar, Associação Recreativa e Carnavalesca – Escola de Samba Kan Kans.(Fotos: CM Ovar)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo