Saúde

42 mil portugueses já assinaram petição das farmácias

[themoneytizer id=”16574-1″]

Já 42 mil portugueses subscreveram a petição à Assembleia da República “Salvar as Farmácias, Cumprir o SNS” na primeira semana de recolha de assinaturas. Este número supera a última petição nacional das farmácias, realizada em 2014.

Os portugueses pedem aos deputados um pacote de medidas para evitar a falência de 25% das farmácias e para garantir a igualdade do direito à Saúde em qualquer ponto do território. Neste momento, 679 farmácias enfrentam processos de penhora e insolvência, mais quatro do que no início do ano.

O bastonário da Ordem dos Médicos foi um dos primeiros subscritores. “O acesso dos doentes aos medicamentos está mais uma vez em risco. As farmácias estão em grandes dificuldades”, justificou Miguel Guimarães. A bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, assinou a petição esta quinta-feira, na Farmácia Nova de Famões, Odivelas, acompanhada da bastonária da Ordem dos Farmacêuticos, Ana Paula Martins.

«A adesão dos mais altos representantes das profissões da saúde é para nós uma honra e uma responsabilidade», declara Paulo Cleto Duarte, presidente da Associação Nacional das Farmácias (ANF). “As farmácias querem trabalhar de forma cada vez mais articulada com médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde, para que cada português encontre sempre rapidamente a solução adequada aos seus problemas de saúde, quer viva nas grandes cidades ou nas aldeias mais isoladas”, acrescenta o presidente da ANF, que representa 2.750 farmácias.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo