DesportoNáuticosPrimeira Vista

55.º Cruzeiro da Ria quer dinamizar a “economia azul”

[themoneytizer id=”16574-1″]

A Ria de Aveiro volta a ser o palco de mais uma grande prova de vela desportiva, neste caso, a quinquagésima quinta edição do “Cruzeiro da Ria” que une e reúne velejadores e adeptos da vela, ao longo de 30 km, entre Ovar e Aveiro.

Hélder Ventura, presidente da NADO – Associação Náutica da Torreira, explica que, “apesar das dificuldades inerentes à navegação que a Ria de Aveiro de momento apresenta, a NADO, em parceria com o Sporting Clube de Aveiro e a Associação Náutica da Torreira, persistem na realização deste evento que ocorre quase ininterruptamente desde 1959”.

A prova disputa-se entre o Porto de Recreio do Carregal, em Ovar, e a baía de S. Jacinto, nos dias 25 e 26 de Agosto, defendendo o dirigente que “o território da náutica de recreio, factor importante na consolidação da denominada economia azul, encontra no Cruzeiro da Ria, um importante momento na vida social e colectiva da Região de Aveiro”,

As largadas terão início a partir das 16 horas, (sábado) e chegada prevista em S. Jacinto pelas 18:30, sendo que as classes das escolas de vela terminam a primeira regata na Associação Náutica da Torreira. No Domingo, as largadas, em S. Jacinto, são às 15 horas e na Torreira pelas 15h15, para a segunda regata de regresso a Ovar.

Finalizadas as regatas, como é tradição, realizar-se-á o jantar e cerimónia de entrega de prémios, com início às 20 horas de domingo, onde se espera a presença de mais de 250 pessoas, entre velejadores, acompanhantes e convidados, representando instituições que apoiam e colaboram na realização do evento, desde logo as Câmaras Municipais de Ovar, Murtosa e Aveiro, Juntas de Freguesia da UFO, S. Jacinto e Torreira, a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro, e algumas empresas da região, que decisivamente ajudam a manter de pé este evento.

O dirigente assinala a presença muito significativa de jovens atletas das escolas de vela, a presença de praticamente todos os clubes náuticos da Ria e outros de fora da região, o que por si só já justificaria a realização deste evento.

“O esforço que se exerce na realização do Cruzeiro da Ria, quer pelos Clubes envolvidos na organização, quer pelas entidades e empresas que apoiam dão garantias de continuidade sendo que, para o futuro, a capacidade de inovar e desenvolver novas parcerias se revela determinante”, conclui Hélder Ventura.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo