CulturaPrimeira Vista

A associação que mudou Valdágua nos últimos 30 anos (DA)

valdáguaO programa do 30.º aniversário da ACR de Valdágua, em Válega, termina este sábado, dia 7, com a apresentação da peça “Romeu & Julieta”, pela Companhia Vareira. As comemorações já vêm desde o dia 24 de Outubro e incluíram um torneio de futsal alusivo à efeméride, uma parada de actividades da associação, missa por alma dos sócios já falecidos e um jantar de aniversário.

Florbela Oliveira, presidente da colectividade, lembra que o ecletismo é um dos trunfos do sucesso da colectividade. “Temos muitas valências a funcionar e que atraem muitas pessoas para Valdágua”, um lugar da freguesia de Válega, no concelho de Ovar que, não fora a oferta que o clube disponibiliza, seria apenas mais um na vestidão associativa da freguesia valeguense.
Mas não. Valdágua soube ser dinâmica e catapultar o seu nome para o primeiro plano concelhio do ensino da música e da dança, tem campeões no desporto, nomeadamente no atletismo, duas equipas de futsal, o grupo musical Novos Sons (os antigos Cavaquinhos de Valdágua), Grupo de Fados Nostalgia e um grupo coral, todos em plena actividade.

Valdágua“Temos sempre um conjunto grande de actividades culturais para levar a cabo durante todo o ano”, explica a presidente Florbela Oliveira. Esta dinâmica criou um grande movimento no lugar, de gente que se desloca de diversos pontos do concelho de Ovar e até de concelhos vizinhos para usufruir das actividades da ACR de Valdágua. “A Companhia Vareira, por exemplo, ensaia nas nossas instalações”, aponta Florbela Oliveira.

A presidente lembra que, para as poder manter em pleno funcionamento, “muitas das actividades são pagas por quem as frequenta”, apesar de poder contar com o apoio financeiro da Câmara Municipal de Ovar e da Junta de Freguesia de Válega.
“Os incentivos já foram maiores”, lembra a dirigente, acrescentando que com “o trabalho e o apoio de todos, vamos conseguindo fazer mais e melhor e apresentar a actual realidade da associação que muito nos orgulha”.

Actualmente, o ACR de Valdágua passa por obras de remodelação no rés-do-chão do seu edifício sede. “Estamos a criar duas grandes salas, com condições para que lá possam decorrer aulas com maior comodidade”, sublinha. A empreitada vai custar cerca de 30 mil euros e conta com comparticipação da autarquia.
Florbela Oliveira não esconde que, tal como muitas outras, a associação “passa por dificuldades, mas com muito trabalho, que muitas vezes nos sai do corpo, e apoios de muita gente, vamos conseguindo”, concluiu.  (Ler artigo in DA)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo