CulturaSlider

A Grande Rota da Ria de Aveiro em modo suave

A Grande Rota da Ria de Aveiro é um novo projecto da CIRA – Comunidade Intermunicipal da região de Aveiro, assumida pelos municípios aderentes como “um contributo importante para um melhor conhecimento da Ria e da Região de Aveiro”, um “território de reconhecidos contrastes orográficos e diferentes contextos ambientais”, que “dispõe de um património natural muito rico e diversificado”, 23% do qual é constituído por áreas classificadas.

A aposta da Região de Aveiro neste percurso ciclável deve-se também “à ligação histórica” com os meios de mobilidade suave, em particular pela utilização da bicicleta, que tem aqui um activo cluster industrial.

“Assim, o território oferece uma densa rede de percursos pedestres e cicláveis que, por um lado, respondem às necessidades de locomoção da comunidade local e, por outro lado, constituem atrações turísticas para os visitantes que se deslocam até à Região”, refere a CIRA.

A ‘Grande Rota da Ria de Aveiro’, que inclui etapas náuticas, percorre o território dos onze municípios da CIRA, permitindo a” visitação, não só dos mais releves elementos naturais da Região, como também de diversos elementos do património histórico-cultural e artístico.”

O traçado assenta em três percursos principais, “devidamente interligados e integrados no território, que permite aos visitantes personalizarem o seu próprio trajeto, mediante as suas necessidades, capacidade física e motivações, promovendo inúmeras possibilidades de visitação e exploração da Região como um todo.”

Prevê-se, em outubro próximo, avançar com uma acção promocional da “nova oferta turística” de percursos pedestres e cicláveis unindo os 11 concelhos.

“A Grande Rota da Ria de Aveiro” surge, assim, numa lógica de promover o território, com uma oferta sinalizada fisicamente, permitindo, assim, criar um produto turístico integrado, financiado pela programa operacional Centro2020.

“É mais um investimento, será classificada com todas as formalidades dos roteiros internacionais pedestres e cicláveis. Esta operação é mais um contributo para a estruturação do produto ‘Ria de Aveiro’, permitindo melhorar a forma como as pessoas podem utilizar o território e que terá outras aplicações, nomeadamente pelos telemóveis e a Internet, envolvendo muitos parceiros”, disse Ribau Esteves, presidente da CIRA.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta