CulturaPrimeira Vista

A mais bela Canga do mundo, a Vareira

Inaugura este sábado, dia 13, às 10h, Átrio dos Paços do Concelho de Estarreja, a exposição “Cangas de bois na Feira de Santo Amaro”, com a colaboração de Marco Pereira e da Associação Amigos do Antigo Concelho de Pereira Jusã.

Na Feira de Santo Amaro, que foi durante séculos uma feira de gado, sobretudo bovino, as cangas sempre estiveram muito presentes, como estão no logotipo da Confraria Gastronómica de Santo Amaro. A canga vareira, também chamada de canga marinhoa, é um aparelho utilizado para jungir os bois pelo cachaço, característico dos concelhos de Estarreja, Murtosa e parte de Ovar.

A canga vareira é uma das mais belas ou talvez a mais bela do mundo.

Destaca-se pelo entalhe e pelas cores vivas, com um conjunto de desenhos que lhe são próprios e que a seguir ao barco moliceiro, fazem da canga marinhoa um símbolo da sua região. Daí serem no passado exibidas com vaidade, por quem possuía gado bovino.

  • Vasco Branco, no boletim “Aveiro e o seu Distrito”, de Dezembro de 1975, lembra que os motivos centrais da canga vareira são “a custódia, cruz de Cristo, vaso de flores ou signo-saimão (que nos protege do mau-olhado), às armas da monarquia e república”, e que “os elementos decorativos menores são geralmente fitomórficos e geométricos.” A flor-de-lis aparece normalmente disposta em friso.

Pela sua beleza e raridade, a canga vareira é uma peça cobiçada por colecionadores e turistas mas está em vias de extinção do nosso meio rural. 

A abertura da exposição está inserida no V Capítulo da Confraria Gastronómica de Santo Amaro que decorrerá durante a manhã deste sábado e inclui ainda a Cerimónia de entronização dos novos Confrades, na Capela de Santo Amaro, às 11h30, o Cortejo e Foto de Família, na escadaria da Capela de Santo Amaro às 12h30, e o almoço às 13h, no Salão da Banda Visconde de Salreu.

A exposição pode ser visitada até dia 26 de janeiro.

 

 

Deixe um comentário

https://casino-portugal-pt.com/
Botão Voltar ao Topo