Empresas

AIDA fortalece presença no mercado do Japão

A agenda de visitas e prospeção de mercados externos da AIDA CCI – Câmara de Comércio e Indústria do Distrito de Aveiro, no âmbito do projeto ADE – Aveiro Digital Export, encerrou no final de 2022, no Japão, com uma visita à “8th Metal Japan”, eleita uma das maiores feiras mundiais tecnológicas. A presença neste certame foi uma grande oportunidade para perceber como se poderá aumentar a presença das empresas do distrito de Aveiro neste mercado e assim potenciar oportunidades de negócio para o país.

Consumidores sofisticados, com uma grande apetência por produtos estrangeiros e detentores de uma indústria que se encontra em lugares cimeiros em múltiplos setores. Assim é o mercado japonês e foram estas as principais razões que levaram a AIDA CCI a visitar, entre os dias 5 e 10 de dezembro de 2022, a “8th Metal Japan”, realizada em Tóquio. Durante o período da feira foi possível contactar e reunir com empresas e entidades que promovem a criação de canais de comunicação fundamentais para apoiar a internacionalização das empresas do distrito de Aveiro e assegurar a captação de investimento estrangeiro para este distrito.

“Sendo o distrito de Aveiro caracterizado pela sua multisetorialidade, as oportunidades para as empresas portuguesas são inúmeras, não só em setores ditos tradicionais, mas em setores com elevada incorporação de tecnologia, digitalização e inovação como são, entre outros, o da saúde, automóvel, máquinas e equipamentos, robótica, aeroespacial e alimentar”, salienta a AIDA.

Os dados de mercado revelam um “crescente aumento do investimento japonês em projetos de relevância em Portugal” e, simultaneamente, um acréscimo de exportações nacionais, o que evidencia a notoriedade dos produtos e serviços portugueses no Japão.

“Portugal goza de uma boa imagem no Japão pois além do conhecimento histórico é considerado um país seguro e acolhedor, sendo ainda membro da União Europeia. Assim, este país revela-se cada vez mais um mercado imprescindível no processo de internacionalização das empresas portuguesas”, acrescenta, enaltecendo um “mercado francamente aberto às importações” e deveras interessante e importante para as empresas portuguesas, sobretudo as que pertencem ao distrito de Aveiro.

Recorde-se que além do Japão, a AIDA também já marcou presença, no âmbito do projeto ADE – Aveiro Digital Export, em feiras no Canadá, Itália, Países Baixos e Dubai.

Apoio COMPETE

O projeto conta com o apoio do COMPETE 2020 no âmbito do Sistema de Apoio a Ações Coletivas, envolvendo um investimento elegível FEDER de 745.783,45 euros o que resultou num incentivo FEDER de 633.915,93 euros. Além de apostar na promoção internacional de marcas, produtos, bens e serviços do distrito de Aveiro, o projeto visa potenciar a utilização de canais/plataformas digitais para aumento das exportações, das PME, assim como internacionalizar o seu conhecimento.

 

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo