EmpresasSlider

Alcobre quase a celebrar 110 anos com os olhos no futuro

A Alcobre nasceu em 1910 como uma empresa privada chamada Álvaro Pinto dos Santos no Porto, Portugal. É uma empresa que fabrica cabos de baixa tensão. Em 1989, passou a integrar o Grupo Amorim e Sumolis, passando oficialmente a sua designação para Alcobre Condutores Eléctricos SA, ainda hoje em actividade.

Em 1993, Alcobre transferiu a sua sede e base produtiva para a Zona Industrial de Ovar, onde se encontra a actual fábrica. A Alcobre fez parte do Grupo Powertech / Aberdare entre 1994 e 2016.

Em 2016, foi integralmente adquirida pelo Grupo Hengtong e passou a fazer parte do Grupo Hengtong de Produtos Industriais Exteriores.

O Grupo Hengtong surgiu a partir de uma empresa inovadora que se dedicava à construção, investimento e operação nas áreas de redes da fibra óptica, redes inteligentes, Big Data IoT, energias renováveis, novos materiais e comunicações oceânicas e interconexão da energia. Hoje, tem mais de 70 sociedades, das quais, três empresas conceituadas no interior e no exterior, com sectores que cobrem muitos países do mundo e com receitas superiores a 100 bilhões de yuans por ano, há vários anos consecutivos.

Como o maior integrador de sistemas e fornecedor de serviços de rede no campo da rede óptica e rede inteligente da China, é uma das 500 maiores empresas chinesas, a Hengtong continua a classificar-se entre as três empresas mais competitivas na indústria global de fibra óptica e cabo, e está entre as quatro primeiras na força abrangente da indústria de energia eléctrica a nível global e entre os cinco principais fornecedores de cabos submarinos do mundo.

Desde a sua criação há 29 anos, o Grupo Hengtong tem uma participação de mercado de mais de 15% no mercado global de redes de fibra óptica. Foi a primeira empresa chinesa a fornecer mais de 10.000 quilómetros de cabos ópticos submarinos e a primeira a promover cabos submarinos UHV, internacionalmente. Constituiu sucessivamente 11 bases industriais, 2 centros de R&D, 9 empresas de vendas no exterior e mais de 40 escritórios de representação de vendas e serviços na América do Sul, Sudeste Asiático, Sul da Ásia, Europa e África, com um negócio que cobre mais de 150 países e regiões. Com alta qualidade e padrões elevados, a Hengtong realizou um grande número de integração de sistemas e serviços de contratação de engenharia.

O Grupo Hengtong construiu a maior base de produção de haste óptica verde em escala mundial, e a sua nova geração de materiais de fibra ótica verde de poluição zero desenvolvida de forma independente, ganhou o projeto de Fabricação Verde do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação. É a segunda empresa no mundo e a primeira na China a dominar essa tecnologia. O Grupo está comprometido em servir o desenvolvimento sustentável da sociedade humana. Um grande número de projectos de transmissão de energia fotovoltaica e eólica investidos e construídos pelo Hengtong fornecem soluções para a redução de emissões de carbono e fornecem sabedoria para conter o aquecimento global e as mudanças climáticas.

Projecto de Energia Eólica Offshore Flutuante Semissubmersível de Portugal
No contexto da construção do projecto Um Cinturão, Uma Rota e da parceria Sino-Portuguesa Blue, o Grupo Hengtong utilizou tecnologia de ponta de engenharia de cabos submarinos para integrar recursos globais e fornecer soluções integradas, e criou uma série de novos avanços tecnológicos juntamente com equipas do Reino Unido, Portugal e outros países. Nos últimos anos, Portugal tem aproveitado as dádivas do oceano abundante para desenvolver a energia eólica e desenvolver o abastecimento de energia. Prevê-se que em 2050, Portugal consiga suprir todas as suas necessidades de eletricidade através de energias renováveis.

Em 2019, na cidade costeira de Viana do Castelo, foi inaugurado o primeiro projeto comercial de energia eólica flutuante semissubmersível do mundo, o Atlantic Floating Wind Power Project. A capacidade total instalada das três turbinas eólicas da primeira fase do projeto é de 25 MW, e o sistema de transmissão de energia deste projecto está sob o contrato geral do Grupo Hengtong.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta