LocalPrimeira Vista

Ambulância do INEM vai manter-se em Ovar 24 horas por dia

O presidente da União das Freguesias de Ovar, São João, Arada e São Vicente de Pereira, Bruno Oliveira, garante que Ovar vai manter a ambulância do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) as 24 horas do dia.

Em comunicado, o autarca agradeceu ao Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, por ter sido “sensível aos nossos pedidos, indo ao encontro das reais necessidades da população do concelho de Ovar”, à semelhança, frisa, “do que sucedeu com a extensão de saúde de São Vicente de Pereira”.

Nos contactos efectuados junto do Ministério da Saúde, Bruno Oliveira lembrou a importância da manutenção da ambulância “nos termos do acordo estabelecido aquando do encerramento da Urgência”.

Uma população com mais de 50 mil habitantes, que triplica durante o Carnaval e durante a época balnear (que se avizinha), a distância do Hospital de São Sebastião e a cobertura que a ambulância do INEM faz igualmente dos concelhos de Estarreja e Murtosa, foram alguns dos argumentos esgrimidos pelo presidente da UFO, no diálogo com o Ministro.

Em comunicado, o INEM anunciou o recuo no plano de restruturação, garantindo que já não vai encerrar “qualquer meio de emergência do instituto” na sequência do plano de reorganização do horário de funcionamento de Ambulâncias de Emergência Médica (AEM) proposto por este organismo.

O esclarecimento do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) surge após notícias sobre o alegado encerramento de ambulâncias deste organismo, durante a noite, em vários concelhos, entre os quais o de Ovar.

Por seu lado, o presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, agradeceu ao presidente do INEM, Luis Meira, a “sensibilidade que demonstrou para com o povo vareiro” e aos técnicos de Ovar na gestão dos turnos “pelo grande esforço colocado nesta causa”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo