LocalPrimeira Vista

Aplicação em telemóvel revela que vareiros foram os mais cumpridores do isolamento

Aplicação em telemóvel que estuda o comportamento dos portugueses revela que os vareiros foram os que mais respeitaram as regras apertadas de isolamento da Páscoa, com 79% da população em casa.

No entanto, a percentagem de portugueses que “fica em casa”, em Portugal caiu para 56% em dois dias.

Entre os diferentes dados recolhidos pela empresa PSE (especializada em ciência de dados) há um gráfico que se destaca. É aquele que mostra a percentagem de portugueses que ficou em casa desde 1 de Março até à última terça-feira (incluída).

O domingo de Páscoa registou a mais alta percentagem de isolamento (79%) em Portugal, mas nos últimos dois dias as pessoas começaram a sair de casa e o nível de isolamento caiu para 56%, um dos mais baixos valores desde a primeira declaração de estado de emergência.

No “índice de risco de mobilidade” que abrange 45 municípios, Ovar tem o melhor desempenho, com o cerco sanitário a levar à mudança mais drástica nos hábitos, e Ílhavo aparece com o pior resultado.

Estes são alguns dos resultados de um projecto sobre mobilidade que a pandemia da covid-19 transformou num estudo sobre a mobilidade.

A recolha de dados é feita a partir de uma aplicação em smartphones (com recolha de dados contínua através de monitorização de localização e meios de deslocação via aplicação móvel) e abrange 3670 pessoas com mais de 15 anos das regiões do Grande Porto, Grande Lisboa, litoral norte, litoral centro e distrito de Faro.

Neste momento será particularmente importante perceber qual será o comportamento dos portugueses, face a este confinamento, nas semanas seguintes. A PSE dispõe desta informação diariamente e divulga-a à DGS – Direcção-Geral de Saúde.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo