LocalSlider

Arada quer recuperar estatuto de freguesia autónoma

Um grupo de aradenses remeteu, no passado no dia 8 de Março, a diversas entidades, nomeadamente à Câmara e Assembleia Municipal, Governo e Assembleia da República, partidos e deputados eleitos pelo círculo de Aveiro, um pedido para que a freguesia de Arada recupere o estatuto de freguesia autónoma e independente.

“Face a alguns sinais que apontam para a hipótese de reversão, não queremos deixar passar esta oportunidade, tanto mais que o quadro politico de hoje é diferente do da altura da famigerada lei que acabou com a nossa freguesia”, diz o grupo em que está o antigos presidente da junta, António Jorge, e da Assembleia Municipal, Manuel Malícia.

“Concluída a assistência financeira da “troika”, cujo memorando se constituía como principal argumento para fundamentar a agregação/extinção das freguesias”, refere o documento a que o OvarNews teve acesso, o grupo de aradenses constata que, por um lado, “a extinção de Arada resultou de uma aplicação incorrecta da lei e, por outro, dois anos volvidos, tal imposição legislativa resultou em claro e inequívoco prejuízo de arada e dos aradenses.

Assim, apelam, “em coerência com as deliberações tomadas a seu tempo, delibere no sentido de solicitar à Assembleia da República e Governo a reversão da extinção/agregação da Freguesia de Arada e consequente medida legislativa que confira a Arada o estatuto autárquico/administrativo de Freguesia autónoma e independente, que detinha antes deste famigerado processo”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta