Local

Arroz: Semear, plantar, mondar, colher e… provar!

Tal como em tempos idos, foi arregaçar as mangas e entrar nas terras alagadas do Baixo Vouga Lagunar (Salreu e Canelas).

A cultura do arroz em Estarreja faz parte da tradição e identidade da região. Os férteis e alagadiços terrenos do Baixo Vouga Lagunar fornecem as condições ideais para o cultivo deste cereal, e os arrozais trazem encanto e vida às paisagens do concelho. Em articulação com os agricultores e com as Juntas de Freguesia de Salreu e de Canelas e Fermelã, a Câmara Municipal de Estarreja promoveu, no fim-de-semana, uma ação de (re)descoberta do ciclo do arroz, convidando a população a fazer parte do cultivo deste cereal.

Desde a germinação da planta até ao bago de arroz cozinhado, há todo um ciclo com diversas etapas, como a sementeira, plantação, monda e colheita. Com a orientação de experientes produtores de arroz da região, foi tempo de recordar tempos idos, arregaçar as mangas e entrar (literalmente) nas terras férteis de Salreu e Canelas.

Uma compilação de experiências únicas, da terra à degustação do bago, que lhe permitirá entender e valorizar como nunca o cultivo do arroz.

Previa-se o início deste ciclo com a sementeira em abril, contudo as condições do clima e de terreno deram a volta às contas dos agricultores adiando esta fase para maio. À medida que as condições naturais assim o permitam, a autarquia lançará as datas das várias fases para que os interessados se possam inscrever e participar.

Outrora impulsionador da economia local, o cultivo do arroz ganhará novo fôlego com a inauguração do museu Fábrica da História, nas antigas instalações da “Hidro-Eléctrica” de Estarreja. Este novo equipamento cultural pretende avivar a memória e as tradições associadas ao cultivo do cereal e à indústria do descasque.

Previsão das várias fases da cultura do arroz

Sementeira: 14 maio, Canelas, com início às 10h/ Ponto de encontro: início do Percurso do Rio Jardim, junto à linha de caminho de ferro.

Plantação: maio

Monda: agosto

Colheita: setembro

Prova gastronómica: 4 de novembro

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo