Saúde

ARS Centro desdramatiza casos de Gripe A

O Departamento de Saúde Pública da ARS Centro esclarece que não deve haver alarme pelo surgimento de gripe A.

Os vírus influenza do tipo A, sob a forma de diferentes subtipos, foram os responsáveis pelas pandemias de gripe até agora observadas e são os mais frequentemente responsáveis pelas epidemias sazonais.

E com a informação de que há registo do aumento do número de casos, surge o esclarecimento.

“A gripe A não é mais do que a habitual gripe sazonal que todos conhecemos”.

As formas mais eficazes de prevenção são a etiqueta respiratória (proteção dos espirros e da tosse com máscara, lenços ou antebraço) distanciamento interpessoal e evitação de aglomerações de pessoas.

A vacinação é a medida farmacológica de eleição, cuja maior ou menor eficácia depende, contudo, do grau de concordância das estirpes circulantes com as estirpes contidas nas vacinas, que são produzidas a partir dos vírus que circularam na época gripal anterior.

O SNS administrou gratuitamente, na região centro, mais de 420.000 vacinas, na actual época gripal, maioritariamente na população com 65 ou mais anos.

Finalmente informa-se que o INSA divulga semanalmente, no seu site, o Boletim de Vigilância da Gripe, no qual é descrita detalhadamente a atividade gripal e de outras infeções respiratórias.

 

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo