DesportoFutebolPrimeira Vista

As polémicas contas aprovadas pela ADO Futebol

Os associados que estiveram na última reunião da Assembleia Geral da AD Ovarense Futebol para apreciar as contas do exercício, não têm dúvidas: “O passivo do clube aumentou”.

Apesar da perplexidade suscitada pelo documento apresentado, da discussão e da agitação verbal vividas na sessão, as contas seriam aprovadas por 26 contra 20 votos, ou seja, em rigor foram “salvas” pelo membros da direcção.

Eis alguns números inscritos nos documentos postos à consideração dos sócios.

O total da receita atingiu 171.145 Euros, com a maior fatia a chegar do apoio autárquico da Câmara Municipal e da UFO, com 55.055 Euros, seguida dos donativos (indiscriminados) (36.144) e das quotas de sócios (18.574).

As despesas atingiram 227.910 Euros, com diversas parcelas de valor elevado: Ajudas de custo com a equipa de seniores (85.975), massa insolvente ex-ADO (45.000) e  AFA/FPF (30.048 Euros).

Das contas avultam ainda os 59.656 Euros a pagar aos órgãos sociais, 30 mil de renda do estádio, 25.152 à empresa Safina, 40.766 a colaboradores e 135 mil à massa insolvente.

Dado o valor da renda do estádio estar por liquidar, a direcção informou ainda não saber se poderá continuar a utilizar o Marques da Silva na nova época, tudo dependendo de negociações e da boa vontade do proprietário.

O clube apresentaria ainda um projecto no qual, alegadamente, conta com a Câmara Municipal como parceira, comprometendo-se esta a ceder terrenos a um suposto investidor a troco das obras necessárias no centro de formação.

Após esta assembleia, um grupo de associados anunciou a formação do Movimento Sentimento Preto & Branco, constituído por associados preocupados com a situação e “apologista, não só da ética desportiva, mas acima de tudo, da total e intrínseca transparência e defesa da verdade”.

Assim, querem saber o porquê de o passivo do clube ter crescido, “nos últimos 4 anos, cerca de 700%” e ainda a razão pela qual há “tantos erros apresentados nos pseudo relatórios de contas”.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo