Política

Assembleia para discutir a saúde marcada para 3 de Fevereiro

Realiza-se no próximo dia 3 de fevereiro a Assembleia Municipal extraordinária solicitada pelo PS de Ovar, acompanhado pelo CDS-PP,  BE, PCP e Movimento 2030.

O presidente da concelhia ovarense explica que a reunião servirá para a «discussão e tomada de posição no que concerne à defesa dos Direitos na Saúde dos Cidadãos do Concelho de Ovar, com um ponto único: Alteração da Referenciação do Hospital de Ovar e o Estado da Saúde no Concelho».

Segundo Emanuel Oliveira, presidente da concelhia socialista, «estamos a envidar todos os esforços em prol da defesa e salvaguarda dos direitos dos ovarenses, nomeadamente no que respeita à referenciação dos cidadãos do concelho a Santa Maria da Feira».

Do mesmo modo, os partidos requerentes entendem que «os centros de saúde devem ser dotados dos meios que permitam os cuidados de proximidade que a nossa população merece, exigindo que o nosso Hospital Francisco Zagalo esteja capacitado com um serviço de urgência básico, dispondo de um conjunto de valências que permitamo acesso célere e de qualidade aos munícipes vareiros». «Entendemos como essencial esgotar todas as formas de pressão institucional, junto dos órgãos que representam os cidadãos a nível local, regional e nacional», acrescenta.
É um momento, sublinha o dirigente, «em que se exige responsabilidade, onde é importantíssimo influenciar as decisões com argumentos capazes e válidos, que sustentem a necessidade de garantir um serviço de saúde próximo e de qualidade ao povo vareiro».

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo