Local

Aves ‘petroleadas’ abundam na costa vareira

A Associação Amigos do Cáster divulgou o resultado da acção de limpeza desenvolvida no âmbito do programa CoastWatch.

Das aves mortas encontradas realce para “a cor preta que não será a cor original destas aves encontradas mortas entre as Praias do Furadouro e do Torrão do Lameiro”.

Segundo divulgou a associação ambientalista, “poderá, sim, dever-se a impregnação por petróleo/crude, que é bem visível na areia, bem como nos blocos de sedimentos escuros, impregnados de petróleo, que fomos encontrando durante a acção Coastwatch”.

A Associação Juvenil Amigos do Cáster e o Ecoclube Júlio Dinis promoverem, resentemente, a acção Coastwatch – Campanha de Monitorização das Praias do Furadouro e do Torrão do Lameiro – que contou com a participação de cerca de 50 pessoas.

Realce-se que esta acção – que consistiu num percurso, a pé, entre aquelas praias – permitiu registar a qualidade e o tipo de resíduos presentes no areal, verificar o estado de poluição destas praias, bem como analisar o recuo da linha de costa, inserindo-se num projecto de âmbito europeu – promovido a nível nacional pelo Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e do Ambiente (GEOTA), e coordenado no nosso Município pela Câmara Municipal de Ovar.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo