LocalSlider

Banda de Gaitas divide organização das Festas do Mar

Responsáveis da Procissão do Furadouro reprovam "surpresa"

[themoneytizer id=”16574-1″]

 

As zeladoras da Capela do Furadouro não escondem a indignação depois de terem tomado conhecimento de que a procissão das Festas do Mar deste ano seria acompanhada pela Banda de Gaitas de San Xoan de Paramos, da Galiza, Espanha. Além das habituais Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Ovar e Banda Filarmónica Ovarense, José Henrique Silva, da Comissão Amigos do Furadouro, responsável pela organização das Festas do Mar do Furadouro, adiantara ao nosso jornal que iria haver uma “surpresa para a procissão”.

Percebe-se agora que a referida banda de gaitas não é do agrado de todos. Lassalete Silva, zeladora da capela e responsável pela organização da Procissão, já veio a terreiro informar que “o cartaz tem um lapso, a ser corrigido urgentemente pela Comissão de Amigos do Furadouro” e informou que a Procissão será acompanhada apenas pela Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Ovar, a abrir a procissão, e não por uma Banda de Gaita de Foles da Galiza”.

Por outro lado, Lassalete Silva esclareceu que o percurso das procissões será o habitual e tradicional e que os tapetes de flores serão executados nos locais habituais. “É pelas gentes do mar e para as gentes do mar que as procissões das Festas do Mar continuarão a realizar-se nos percursos tradicionais, revivendo a sua história”, resume.

“Queremos dignificar as Festas do Mar do Furadouro ou enxovalhar mais o bom nome desta terra descredibilizando-a perante todos os que a visitam e envergonhando todos aqueles que a amam de coração?”, questiona, por fim.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo