ComunicadosPolítica

BE: Ministra da Saúde garante reabertura das extensões de saúde de Ovar

O deputado Nelson Peralta questionou a Ministra da Saúde sobre a reposição dos cuidados primários de saúde no concelho de Ovar e de Aveiro que durante a presente pandemia foram reduzidos ou deslocalizados. Em resposta à interpelação do Bloco, a Ministra garantiu que é decisão do governo reabrir as extensões de Ovar assim que estejam reunidas as condições de segurança e saúde pública e que o seu fecho definitivo está afastado.

Na audição na Comissão Parlamentar da Saúde, o Bloco reconheceu que os cuidados primários de saúde são essenciais na resposta à pandemia covid-19, nomeadamente para evitar hospitalização de diagnosticados e garantir o seu seguimento. Referiu que devem assim ser reajustados em momento de pico de infeções, mas passada essa realidade devem voltar a garantir os serviços normais.

Em Ovar, um concelho que viveu uma situação dramática no âmbito da pandemia, o Centro de Saúde que tinha um horário das 8 às 24 horas tem agora um horário reduzido: encerra às 20 h nos dias úteis e às 13h nos restantes dias. Já as extensões de saúde de Arada e Maceda, Furadouro e São Vicente Pereira estão encerradas. O Bloco defende a reposição do horário do centro de saúde e a reabertura das referidas extensões de saúde.

O deputado alertou que estas novas limitações aos cuidados de saúde primária, agravados pela falta de transportes públicos coloca em causa um bom serviço às populações e questionou qual o motivo para manter estas limitações, nomeadamente se estão profissionais de saúde em falta.

Face à resposta da saúde, o Bloco espera que possam ser garantidas as condições necessárias à reabertura das extensões de saúde de Ovar, mas que seja igualmente reposto o horário do centro de saúde de Ovar

Artigos relacionados

Deixe uma resposta