LocalSlider

Bombeiros ganham nova ambulância de transporte de doentes

Os Bombeiros Voluntários de Ovar festejaram, este sábado, o seu 119.º aniversário, com inúmeras actividades que prencheram o dia desde manhã.

Um dos pontos altos foi a benção e a entrada ao serviço de uma nova ambulância de transporte de doentes, colmatando uma carência do parque de viaturas da corporação e que contou com o apoio da Edilidade para a sua aquisição.

Trata-se de um veículo que se destina exclusivamente ao transporte de doentes que não apresentam risco de vida, com capacidade para 7 pessoas e equipado, entre outros, com sinalizador óptico e acústico, maca com rodas, suporte para soro e oxigênio medicinal.

A sessão solene do 119.º aniversário contou com a presença do Secretário de Estado da Administração Interna, João Pinho de Almeida que anunciou que os bombeiros passarão a receber “mais 25 por cento do que recebem neste momento” do Estado, caso, na próxima semana, a Assembleia da República aprove “a primeira lei de financiamento das associações humanitárias”, salientou João Almeida.

O secretário de Estado da Administração Interna reconheceu que “não basta dar pancadinhas nas costas” dos voluntários e dirigentes das corporações. Os bombeiros já mereciam uma lei que garanta “um financiamento previsível e estável”.

Dinocrato Formigal avisou que, ao cabo de 15 dias, não será mais candidato à direcção da associação humanitária ovarense.

Outro momento que captou o interesse do governante foi um dos desfiles do dia, integrando 4 viaturas antigas ao som da Banda Filarmónica Ovarense.

As comemorações do aniversário dos Soldados da Paz ovarenses tiveram início na passada sexta-feira com a realização de um simulacro no Hospital de Ovar.

O presidente do Conselho de Administração do Hospital Dr. Francisco Zagalo, já agradeceu publicamente “o empenho, dedicação e zelo, tal como a eficácia, na intervenção de simulacro que se integra na definição de eventos e acções que permitem garantir a protecção e preparar intervenção segura em caso de sinistro real”.

Luís Vaz aproveita para manifestar aos Bombeiros Voluntários de Ovar um agradecimento especial pelo “trabalho que antecedeu a definição do Plano de Segurança Interno desta Unidade de Saúde” e regozija-se por poder comemorar os 119 anos da corporação com “a responsabilidade social e institucional que reconhecemos”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo