LocalSlider

Braseira acesa mata mulher em Guilhovai

Uma mulher aparentando 30 anos morreu hoje e o seu companheiro ficou ferido na sequência de uma intoxicação por monóxido de carbono, em Guilhovai, Ovar.

O comandante dos Bombeiros de Ovar, João Mesquita, disse que a corporação recebeu um alerta às 09h30 para um caso de intoxicação numa habitação situada em São João.

O comandante referiu, em declarações à agência Lusa, que o óbito foi declarado no local pela equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) da Feira.

Segundo foi possível apurar, o casal terá deixado uma braseira acesa no quarto durante a noite. O filho de 10 anos do casal estaria na habitação mas escapou ileso.

Esta é a segunda morte por intoxicação de monóxido de carbono ocorrida em pouco mais de um mês no concelho de Ovar. No dia 10 de novembro, morreu uma mulher aparentando 70 anos em Gondezende, Esmoriz, num acidente que também deixou em estado grave o seu marido e uma neta de 8 anos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta