Carnaval

Escolas de samba da Mealhada aquecem baterias

O tempo é de frio, mas para os elementos das quatro escolas de samba, que vão desfilar nos corsos do Carnaval Luso Brasileiro da Bairrada em 2015, é altura de “aquecer as baterias”, realizarem muitos ensaios e preocuparem-se com as alegorias. E da parte da autarquia, os foliões podem contar com a anual ajuda financeira, no valor de oitenta e um mil euros.
Amigos da Tijuca (de Enxofães), Batuque (da Mealhada), Real Imperatriz (de Casal Comba) e Sócios da Mangueira (da Póvoa da Mealhada) já se preparam para o denominado “Carnaval mais brasileiro de Portugal”, que se realizará no Sambódromo Luís Marques, na cidade da Mealhada, no próximo mês de fevereiro.

“Todas as escolas já entregaram os projetos do enredo e do carro”, garantiu, ao Jornal da Mealhada, Filipa Varela, presidente da direção da Associação de Carnaval da Bairrada (ACB), que acrescenta: “Também já lhes foi entregue um protocolo de participação para assinarem, com as obrigações e direitos de cada parte (escolas e ACB), nomeadamente, prazos, horários e verbas disponibilizadas”.

Rui Marqueiro, presidente da Câmara da Mealhada, garantiu que “a autarquia tem orçamentado, para o evento de 2015, a quantia de oitenta e um mil euros”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo