LocalPrimeira Vista

Câmara disponibiliza pacote de alojamento na Pousada da Juventude

No âmbito do protocolo de colaboração celebrado entre a Movijovem – Mobilidade Juvenil, Cooperativa de Interesse Público de Responsabilidade Limitada e o Município de Ovar, a Câmara Municipal de Ovar vai permitir que o pacote de alojamento adquirido possa ser utilizado por outras entidades, salvaguardando sempre o interesse público municipal.

Recorde-se que este protocolo, outorgado em janeiro, possibilita o acesso a condições de alojamento turístico que proporcionem uma maior mobilidade a pessoas e/ou grupos nas diversas instalações das unidades de alojamento geridas pela Movijovem. Através deste protocolo, a Câmara Municipal de Ovar adquiriu um pacote anual de reservas de alojamento e salas de reunião nas Pousadas de Juventude de Portugal continental, no valor de 30 mil euros.

Com o objectivo de incentivar o intercâmbio juvenil, desportivo, cultural e turístico e a dinamização do turismo local, asseverando a continuidade do funcionamento da Pousada da Juventude de Ovar, a Câmara Municipal de Ovar vai permitir a utilização do pacote de alojamento por outras entidades, tendo sempre presente o interesse público municipal.

Para o efeito, foram elaborados e aprovados, em sede de reunião de Câmara, um conjunto de critérios aptos a permitir a utilização e distribuição equitativa do pacote de alojamento.

Mediante estes critérios, as entidades, pessoas singulares ou colectivas, públicas ou privadas, que pretendam promover a realização de actividades de interesse público municipal, para as quais se revele adequada a possibilidade de efectuar reservas de alojamento ou de salas de reunião nas Unidades de Alojamento geridas pela Movijovem, devem submeter o pedido ao Município de Ovar. Cada entidade pode efectuar, no máximo, dois pedidos de utilização do pacote de alojamento, sendo um deles para a Pousada da Juventude de Ovar e outro para a rede continental de Pousadas da Juventude.

São consideradas, entre outras, actividades de interesse para o município: as actividades que fomentem a divulgação do seu património natural, cultural e paisagístico; a realização de actividades de natureza social, cultural, educativa, desportiva, recreativa, incluindo aquelas que contribuam para a promoção da saúde e prevenção das doenças; a promoção de actividades que constituam um factor impulsionador da mobilidade juvenil; e a realização de eventos relacionados com a actividade económica de interesse municipal.

De sublinhar que apenas são admitidos pedidos até ser atingido o número máximo de reservas que integram o pacote de alojamento, sem prejuízo do Município de Ovar garantir vagas de reservas para atividades que prevê desenvolver.

Para o presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, “a disponibilização deste pacote de alojamento a outras entidades, entre as quais as nossas colectividades, representa mais um apoio que a autarquia concede ao associativismo concelhio e, de forma a ser assegurada equidade e transparência entre as instituições, definimos um conjunto de critérios. De sublinhar ainda que a Câmara Municipal ao adquirir este pacote de alojamento garante o não encerramento da Pousada de Juventude de Ovar, equipamento que contribui para a dinamização do turismo local, um dos nossos objectivos estratégicos”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo