CulturaPrimeira Vista

“Câmara Municipal é totalmente alheia” – Domingos Silva

O vice-presidente Domingos Silva isenta de responsabilidades a Câmara Municipal de Ovar da polémica gerada em torno do videoclip de José Malhoa.

“A Câmara é totalmente alheia e o logotipo que surge no final do clipe foi utilizado abusivamente e já solicitamos a sua retirada”, informou.

Domingos Silva diz que, tal como sucede inúmeras vezes, os serviços camarários autorizaram a utilização do espaço público para fins de recolha de imagem de vídeo ou fotografia na frente da Igreja Matriz de Cortegaça. “Nunca nos passou pela cabeça que fossem utilizar o interior da Igreja para a gravação do videoclip de um tema com este teor”, reconhece o vice-presidente que revelou que a Barrinha e a Praia também constavam do mesmo pedido, mas não foram utilizadas.

Em Cortegaça, a Paróquia diz que não sabia de nada mas o tema domina as conversas da população por estes dias. A maioria está muito desgostosa por ver a sua Igreja conotada com esta situação. Já há mesmo quem questione se se andou a “gastar quase 800 mil euros na requalificação deste espaço para isto?”

Recorde-se que a Igreja Matriz de Cortegaça, revestida por belíssimos azulejos, é um imóvel classificado, a par dos Jazigos do Cemitério velho adjacente, Conjunto de Interesse Público.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo