Life&Tek

Cândido Costa recorda tempos de desemprego em Ovar e o IEFP de Aveiro

O ex-futebolista Cândido Costa recordou este sábsdo, a fase difícil que viveu quando esteve desempregado. Vivia em Ovar quando lhe foi proposto frequentar um curso de eventos. Apanhava o comboio na estação de Ovar e lá ia.

“Vou para o IEFP, Instituto de Emprego e Formação Profissional de Aveiro… Quando estás desempregado convidam-te para estudares e os olhos julgaram-me muito no primeiro dia que lá fui – mais um que destruiu tudo, mas isso não me incomodava nada”, contou Cândido Costa, de 42 anos, no ‘Alta Definição’ (SIC).

Em conversa com Daniel Oliveira (que também tem raízes em Ovar) continuou: “Percebi que celebrar a vida e ser feliz tanto se é na Champions, num jogo com 60 mil, como é ser nomeado delegado numa turma do IEFP”.

“A partir daí comecei a fazer as pazes com o futebol e tudo. Achava que estava difícil para mim e via as minhas colegas de turma a esconderem um pão na hora do almoço para levarem para casa. Foi importante ter esse impacto, porque eu percebi que ter ao meu lado o Jorge Costa ou o Vítor Baía, às tantas, era a mesma coisa que ter o Armando ou o Filipe do IEFP. Eu percebi de que matéria sou feito”, disse, por fim.

Recorde-se que durante a carreira de futebolista, Cândido Costa, natural de São João da Madeira, representou clubes como o FC Porto, Sp. Braga e Salgueiros, Ovarense, entre outros. Atualmente, é repórter e comentador no Canal 11, da Federação Portuguesa de Futebol, e é um dos concorrentes do ‘Taskmaster’, da RTP 1.

Deixe um comentário

https://casino-portugal-pt.com/
Botão Voltar ao Topo