ComunicadosPolítica

Carla Madureira questiona ministra da Saúde sobre utentes da USF da Barrinha sem médico de família

A necessidade urgente de colocação de, pelo menos, um assistente clínico na Unidade de Saúde Familiar (USF) da Barrinha, Esmoriz, levou a deputada Carla Madureira a escrever à ministra da tutela, solicitando uma intervenção que permita melhorar o serviço prestado.

Numa pergunta dirigida à governante, a parlamentar social democrata apela à melhoria das condições de acesso aos cuidados de saúde da população da freguesia do norte de Ovar.

“Independentemente da expetativa de regularização da referida situação, é consabida – e reconhecida pelos próprios responsáveis – a falta de, pelo menos, um assistente clínico, encontrando-se aquela unidade a aguardar autorização do Governo para abertura do indispensável concurso” – escreve Carla Madureira no texto que suporta a pergunta.

Carla Madureira denuncia que a USF da Barrinha “assiste a uma redução do seu pessoal administrativo motivado pela exaustão a que todos os profissionais de saúde se encontram sujeitos por uma carga excessiva de trabalho”, situação agravada pelo facto de, presentemente, se encontrar uma médica de família em baixa médica, “situação que, conquanto totalmente compreensível, impede o seguimento por médico de família a mais de mil utentes”.

Na pergunta dirigida à governante, a deputada aveirense vinca que, tendo um horário de funcionamento aos dias de semana, entre as 8h00 e as 20h00, “facto é que, recentemente, a USF tem sido obrigada a encerrar em algumas partes do dia por falta de assistente clínico, que se encontram presentemente em situação de baixa médica”.

A deputada do PSD quer saber se tem a ministra conhecimento da degradação das condições de acesso aos cuidados de saúde da população de Esmoriz, por falta de um número mínimo de profissionais a trabalhar na USF da Barrinha e que medidas tomou o Ministério para ultrapassar esta situação. Por outro lado, exige resposta sobre quando autorizará o Governo a abertura de concurso para o preenchimento de um lugar de assistente clínico e se está prevista a substituição, ainda que temporária, da médica de família que se encontra em situação de baixa clínica.

A Unidade de Saúde Familiar da Barrinha, localizada na freguesia de Esmoriz, concelho de Ovar, tem como missão “Atender e tratar em tempo útil, com eficiência e qualidade os utentes inscritos na unidade”, servindo uma população de cerca de 12 mil habitantes.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta