Carnaval

Carnaval de Estarreja perdeu público e receita

Do primeiro balanço ao carnaval feito pela Câmara de Estarreja e Associação do Carnaval saliente-se, desde já, a perda de público e receitas. Como notas menos positivas são apontadas a menor afluência do público, sobretudo no 2.º desfile; Instabilidade das condições climatéricas; Ocorrência de chuva durante o desfile do Carnaval Infantil; fraca adesão de público ao “Carnaval para Todos” e diminuição do espírito Carnavalesco.

A receita teve uma quebra de cerca de 14 mil euros compensada com o aumento do subsídio da Câmara Municipal à ACE.

O aumento do número de participantes face à edição de 2014 foi uma das notas positivas. “Apesar de terem desfilado menos 2 grupos, em cada um dos desfiles do Carnaval Adulto participaram 1150 desfilantes, representando cinco Escolas de Samba e sete Grupos Apeados”.

A organização fala também em “aumento da qualidade dos grupos e do corso carnavalesco na sua generalidade, quer nas apresentações, quer nos carros alegóricos; Redução do tempo de duração do 2º desfile – menos hora e meia do que no 1º, o que tornou um corso mais dinâmico, sem grandes intervalos e respeitando tempos, o que tornou também a assistência mais participativa; Aumento do número de participantes no Carnaval Infantil: 922 participantes, distribuídos por 12 grupos e visibilidade mediática do Carnaval de Estarreja.

No futuro, a organizaão pretende fazer uma preparação mais atempada do Carnaval com base num estudo de opinião feito junto dos públicos.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo