Saúde

Casa aberta ao voluntariado em saúde

A Liga dos Amigos do Hospital de Ovar (LADHO) vai instituir, a partir de janeiro de 2022, a iniciativa “Casa Aberta ao Voluntariado em Saúde”, procurando reforçar as suas fileiras e, consequentemente, a sua atuação junto dos mais doentes e dos mais fragilizados.

Queremos continuar a envolver a comunidade na nossa ação, dando-nos a conhecer melhor e cativando todos aqueles que sintam o chamamento para a missão de ajudar os outros, numa área tão sensível e particular como é a Saúde”, afirma o presidente da LADHO, Carlos Pinto Ribeiro.

No fundo, pretendemos despertar a vontade e até descobrir a vocação das pessoas para o voluntariado, sobretudo os jovens, que têm aqui também uma

portunidade excelente de socialização, de praticar a forma mais fraterna da cidadania e de valorizaçãoSeremos mais felizes se tornarmos os outros mais felizes”, salienta.

A “Casa Aberta ao Voluntariado em Saúde” – com datas, horário e local a anunciar brevemente – será dinamizada por membros da LADHO, pelo menos uma vez por mês e onde irão disponibilizar informação sobre a instituição e o serviço que confere ao Hospital Dr. Francisco Zagalo – Ovar.

A Liga tem, ao longo dos anos da sua existência, incrementado, decisiva e indelevelmente, a qualidade dos cuidados prestados. A humanização das áreas de concentração de doentes nas salas de espera, diminuindo a latente conflitualidade promovendo a inclusão benigna do doente e acompanhante na organização hospitalar, facilitando a circulação na instituição, são fatores que aumentam a qualidade dos cuidados e facilitam a perceção e o efeito dos mesmos. A visita ao internamento a doentes que não têm visitas de familiares e amigos e cumprindo, obviamente, as regras de funcionamento dos serviços clínicos, é outro fator que influencia a qualidade dos cuidados porque diminui a ansiedade, a rejeição e a negação do doente”, sublinha Carlos Pinto Ribeiro.  

Dar sentido à vida é cumprir a missão de a vivermos com e próximo dos outros, principalmente, daqueles a quem o nosso tempo, a nossa competência e a nossa ajuda são fundamentais para que se sinta menos excluído, menos só e menos doente. Ser voluntário é dizer sim à vida”, acrescenta.

A LAHDO é uma instituição de solidariedade social e sem fins lucrativos e existe desde 1986.

Prestar apoio aos doentes e seus familiares, esclarecê-los na defesa dos seus direitos e na observância dos seus deveres, colaborar com os profissionais de saúde para incrementar a qualidade dos cuidados a prestar, contribuir para o prestígio do hospital – de modo a que ele cumpra na perfeição o seu relevante papel de hospital de proximidade -, dinamizar e desenvolver o voluntariado hospitalar, são os principais objetivos da LAHDO.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta