Publicidade
CarnavalEspecial CarnavalPrimeira Vista
Em Destaque

Casal Real subiu ao Trono do Reino… do Sol

"Quanto mais se rima, mais se lhe arrima!"

Foi um regresso em grande e cheio de Sol. Com muita Vitamina da Alegria, cor, música e os grupos carregados de placas com piadas de sátira e crítica social e política local e nacional. Neste caso, o discurso do Rei não fugiu muito ao que era tradicional (na era pré-pandemia?), quando o seu discurso era pautado igualmente por ‘bicadas’, normalmente, de cariz politico. Este ano, preferiu-se fazer quadras para ser mais suave. As indemnizações milionárias e o tal inquérito foram temas abordados, mas a rimar. Bem, “quanto mais se rima, mais se lhe arrima!”

«Muito obrigado/Pelo banho de multidão/Mas lá por ser Entrudo/Não se autoriza a indemnização».

Ou ainda: «Com todos e para todos/queremos reinar/promessas não fazemos/E o inquerito já fomos entregar».

publicidade

Quanto ao corso, sem momentos mortos, o desfile iniciou-se à hora marcada, e o desfile das Piadas Coletivas arrancou com os Axu Mal e as suas velas quase “apagadas”. Seguiram-se Vampiros e a dança das cadeiras no Governo no «Curropio da Nação».

A Creche Feliz, dos Marroquinos, abordou sensivelmente a mesma questão. Os Condores descreveram uma aventura «Navegando pelo Cáster». Palhacinhas e Levados do Diabo criticaram uma alegada falha da organização que vai levar a que os dois grupos de passerelle desfilem nos grandes corsos com duas fantasias em tudo idênticas: Piratas.

Os Garimpeiros queriam máscaras gigantes para decorar a sua casas mas estavam esgotadas. Zuzucas carregaram na tecla da dança de cadeiras.

As constantes Operações Stop junto da Aldeia do Carnaval foram mote para os Pinguins, enquanto as Joanas distribuíram a sua Gazeta na qual o futuro Museu do Carnaval também foi falado. Os Marados brincaram com o palco para as jornadas do Papa, os Hippies inauguraram a piscina Santa Camarão, os Catitas brincaram com as cheias do rio Cáster e os Xaxas homenagearam o sucesso da canção “Essa cueca branca”.

Os Pindéricus já contabilizam os “Sonhos por concretizar”. Desta vez, foi a cobertura do cortejo. Os Não Precisa autoproclamaram-se Campeões de 2023, ano supostamente sem classificações e não é que levaram a Taça?

Carnaval de Ovar 2023
Classificações Piadas Coletivas

1º Lugar – Não Precisa
2º Lugar – Fusão Levados do Diabo e Palhacinhas
3º Lugar – Garimpeiros
4º Lugar – Xaxas
5º Lugar – Zuzucas
6º Lugar – Hippies
7º Lugar – Marroquinos
8º Lugar –Pinguins
9º Lugar – Joanas do Arco da Velha
10º Lugar(ex aequo)
Vampiros
Pierrots
Condores
Catitas
Carrucas
Marados
Pindéricus

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo